Mudamos o layout e isso pode gerar alguns bugs nas postagens, se perceber algum avise: contanto@informaticando–ajuda.com

Se você recebe muitos e-mails saiba aqui a reduzir o SPAM

Por: João Manoel,

Reduzir a quantidade diária de e-mails indesejados em sua caixa de entrada não é tarefa apenas para ferramentas anti-spam e antiphishing e listas de remetentes bloqueados pelo próprio cliente de e-mail.

De acordo com especialistas em e-mail marketing e internet*, algumas mudanças no comportamento de navegação e gerenciamento de e-mails em seu dia-a-dia podem reduzir o recebimento de spams em golpes. Confira cinco recomendações importantes:

Não ao SPAM

1 - Seja criterioso ao preencher formulários e não cadastre seu e-mail em sites de procedência duvidosa. Preserve informações pessoais como endereços de e-mail, dados pessoais e, principalmente, cadastrais de bancos, cartões de crédito e senhas. Se estiver em um site que não passa plena confiança, crie um e-mail temporário apenas para este cadastro. É recomendável utilizar e-mails separados para uso pessoal, trabalho, compras on-line e cadastros em sites em geral.

2 - Não abra, interaja ou responda um e-mail quando não conhecer a procedência da mensagem recebida. O ideal é reportar a mensagem indesejada como spam, mesmo quando a oferta for de seu interesse.

3 - Configure os recursos anti-spam oferecidos por seu provedor de acesso. Os filtros ajudam a melhorar o fluxo de seus relacionamentos digitais. Mesmo mensagens provenientes de empresas idôneas podem cair em seu lixo eletrônico por conta de um layout inadequado. Faça manutenção periódica, verificando se o que está sendo classificado como spam realmente o é.

4 - Inclua em seu catálogo os endereços de e-mail com os quais você mantém relacionamento. Assim seu provedor não os classificará como spam e você poderá restringir ainda mais as regras anti-spam.

Passe o mouse sobre a URL e veja que ela está oculta

5 – Procurar controlar a curiosidade de verificar sempre a indicação de um site em um e-mail suspeito. Em caso de dúvida sobre a validade do e-mail, pesquise o remetente e a ferramenta utilizada para o envio. Você poderá avaliar isso passando o cursor no link que sugere a exclusão da mensagem para verificar a URL (endereço) da ferramenta de envio, ou com o botão direito do mouse clique sobre o link e depois em propriedades. Você também pode verificar a quem pertence o domínio no site www.registro.br.

*Com informações de Walter Sabini Junior, CEO da VIRID Interatividade Digital, e Cristine Hoepers, gerente do CERT.br. grupo de resposta a incidentes de segurança para a Internet brasileira, mantido pelo NIC.br do Comitê Gestor da Internet no Brasil.

Fonte: PC WORLD