Mudamos o layout e isso pode gerar alguns bugs nas postagens, se perceber algum avise: contanto@informaticando–ajuda.com

Como os videogames são destravados?

Por: João Manoel,

Dá para destravar os videogames mudando a programação com um novo software no console. Todo game moderno tem um programa embutido para ler e rodar os jogos. "Ele busca uma informação codificada no jogo para verificar se é um disco original ou não. Se não for, ele trava. Então colocamos chips com programas que fazem o game pular essa checagem", diz Leandro Fabres, técnico em eletrônica especializado em videogames. Além de evitarem a leitura do código de segurança, esses chips ajustam o sistema de cores, o tamanho de tela e a área do disco. Na maioria das vezes, os chips são desenvolvidos por funcionários ou ex-funcionários dos próprios fabricantes, que usam informações privilegiadas para ganhar uma grana. Destravar games é um procedimento legal. Você pode encomendar o serviço para usar um disco de segurança, caso o seu original tenha quebrado, por exemplo. Mas os chips são desenvolvidos a partir de um crime - espionagem industrial -, e copiar jogos para vender ou distribuir, sem a nota fiscal do produto original, é outro tipo de crime: pirataria.

Tudo sob controle

Chip cria um "atalho" no funcionamento do programa e tapeia segurança

1. Cada DVD sai de fábrica com um número próprio, e o fabricante dá um jeito de colocar essa seqüência repetida no programa do jogo. Quando você coloca o disco no console, o leitor óptico busca essas duas informações e envia para o software do videogame, que fica numa peça chamada bios

2. O programa do videogame compara as duas informações que o leitor mandou e faz uma checagem. Se os números forem iguais, ele começa a rodar o jogo. Se não, ele trava. Para evitar o destravamento, os fabricantes mudam os códigos de segurança a cada novo modelo ou versão do game

3. Para fazer o destravamento, o técnico cola um chip na parte de baixo da placa-mãe. Ele usa uma tecnologia de soldas empregada em circuitos muito pequenos, como os de celulares, para conectar o chip a dois lugares na placa-mãe do videogame: a bios, onde roda o programa principal, e a unidade de processamento de imagem

4. Dentro do chip existe um programa que "domina" o do videogame - quando você liga o console destravado, o nome do chip aparece antes da marca do fabricante. A partir daí, o chip cancela o procedimento original do videogame, e ele não checa o código de segurança. Daí, a entrada dos DVDs está liberada

Drible no Xbox

Processo para destravar game da Microsoft é diferente

1. Neste game, é o próprio leitor de DVD que faz a checagem e diz para o programa do game se o jogo é original ou não. Para destravá-lo, o leitor da placa-mãe é desconectado e depois ligado a um computador, com um cabo do tipo Sata

2. O computador então reconhece o leitor de DVD do game como uma nova unidade de disco. Aí é só baixar um programa que realize a mesma função dos que existem nos chips, e instalá-lo direto no drive do leitor, sem usar nenhum novo hardware. Abril.

Nosso artigo termina aqui. Você acha que a pirataria deve acabar? Tem alguma forma de combater isso? Compartilhe sua opinião nos comentários.

11 comentários:

Anônimo disse...

eu não destravei meu xbox, mais ja destravei o de amigos de graça.

ate entendia qunado pagavam para destravar o ps2, mais o xbox 360 qualquer um pode destravar sem dificuldade nenhuma, depois que abre o video game perde a garantia de qualquer jeito, se for você ou outra pessoa destravar da na mesma.

e ainda, mesmo que voce falhe ao aplicar o novo firmware é so mandar colocar de novo ate dar certo, não tem erro.

Anônimo disse...

Para a pirataria acabar, o governo tinha que tomar vergonha na cara e abaixar esse impostos absurdos que são cobrados no Brasil, chegando a triplicar o preço original do produto.
Se o preço dos games diminuir, os jogadores não vão ver tanta vantagem em comprar jogos piratas - já que eles não tem garantia, não se sabe a qualidade da mídia e não se sabe se o jogo foi gravado corretamente - e começaram a comprar jogos originais - que tem garantia, a mídia é de qualidade, são gravados perfeitamente e não há riscos de banimento no caso do xbox - fazendo com que a pirataria diminua significativamente.

Anônimo disse...

que nada ela deve continuar por muito tempo,ate que possamos ter jogos baratos e com preço justo eos nossos governantes acabem com os impostos do nosso pais,sou a favor da PIRATARIA.

Anônimo disse...

se baicharem os jogos para R$ 25,00 eu paro de comprar pirata se ñ só 3 por 15
kkkkkhauhsuahsuahsuahsuaha

Anônimo disse...

Meu PS2 esta com problema de superaquecimento, como eu resolvo isso sem levar a uma loja especializada?
masterwolfhacker@hotmail.com

João Manoel disse...

Responde-mos pelo seu e-mail citado,

obrigado por comentar, quaisquer outras dúvidas mande pela nossa página de contato: http://www.informaticando-ajuda.com/p/formulario-de-contato.html ;

Até a próxima!

Anônimo disse...

sou a favor, e acho certo, é crime? pode ser... e vender um jogo por 200, 300 reais para um consumidor que ganha numa faixa de 600 700 reais por MÊS? senão que o custo se comparado a outros países é muito abaixo disso? isso é o quÊ? Críme não pode ser né; afinal chamar alguém que tem muita grana de ladrão quem pode acabar atras das grades é você, ou pior ainda chamar o governo de ladrão? todo mundo sabe... ninguém liga. E faz menos ainda para mudar

Anônimo disse...

o problema eh q o governo cobra se eu não me engano 5 tipos de impostos paras os videos games q vem de fora, ou seja, a parte cara q a gente paga vai tudo pro governo, no lugar q eu vi isso eu vi q a sony iria colocar acho q uma fabrica na zona franca de manaus fazendo com que os consoles e jogos sejam feitos por aqui e fazendo com q os preços fiquem mais baratos ja que o governo cobra por bens importados xD

Vincent disse...

mesmo se um jogo custar 20 reais ainda terá muita gente baixando da internet, ou comprando o pirata;

alias, 20 reais é o preço médio dos jogos oficiais de psone para se baixar direto da PSN no PSP (baixa via conexão wireless para um cartão de memória, e pode-se trocar o jogo várias vezes, passando para o pc, e de volta ao memory stick sem ter de pagar nova taxa. e mesmo assim o games torrent tem links para se baixar de graça esses mesmos jogos e demos.

a diminuição de impostos poderá diminuir um pouco a pirataria, mas jamais acabar com ela; já que no minimo o comprador quererá baixar a cópia da internet ao menos para testar (pagar 200 reeais num jogo para enjoar em poucas horas é ridiculos)

matheus disse...

num sei se vai acaba com a pirataria...+ já estamos correndo atras da diminuição dos impostos atraves da campanha "IMPOSTOS JUSTOS PARA VIDEO-GAMES".Essa campanha foi anunciada oficialmente no dia 31/04 na GameWorld...
é um ABAIXO ASSINADO
sairam materias a respeito disso em vários sites inclusive no MSN BRASIL:
http://jogos.br.msn.com/plataformas/wii/artigo.aspx?cp-documentid=23781391
o site oficial é esse:
http://www.impostojustoparavideogames.com.br/index.html
a campanha começou a quase uma semana e já temos cerca de 20.000 assinaturas!!!
PARA NÓS GAMERS É UMA EXCELENTE OPORTUNIDADE!!!
para quem tiver dúvidas tem a comunidade no orkut tb( é + facíl pra tira dúvidas e tals)
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=100241802


peço os blogueiros do INFORMATICANDO que deêm uma olhada nas materias e se possivel( e se gostarem,lógico)divulguem pq é uma coisa muito importante para nos consumidores de games!!!!

Anônimo disse...

eu sou a favor da pirataria

Postar um comentário

Para comentar entre na versão completa do blog!