Mudamos o layout e isso pode gerar alguns bugs nas postagens, se perceber algum avise: contanto@informaticando–ajuda.com

Sua bateria da câmera sempre acaba? Confira 4 dicas para economizar na bateria!

Por: João Manoel,

Como uma miragem no deserto, novas tecnologias revolucionárias para baterias sempre pareceram algo além do horizonte. Novos materiais e células de combustível oferecem a promessa de aumentar a vida das baterias com tempos menores de recarga ou até sem recarga. Mas enquanto esse dia não chega, temos de nos contentar com as nossas tecnologias de bateria existentes. Portanto, aqui vão algumas dicas para aproveitar ao máximo suas baterias.


1. Verifique suas baterias antes de cair na estrada


 

As baterias perdem sua carga continuamente. Isso significa que você não deve carregar uma bateria, colocar na sua câmera e deixá-la no armário por três meses. Quando finalmente pegar sua câmera, você irá descobrir que a bateria já está descarregada, ou quase lá – e você não tirou nem uma foto.

 

Se isso já aconteceu com você, não se preocupe – é apenas a forma como as baterias funcionam. Todas as baterias perdem suas cargam lentamente quando estão inativas, mas isso irá depender do tipo de bateria utilizada. Pilhas alcalinas são extremamente estáveis – irão perder apenas 1% ou 2% de sua capacidade total ao longo do ano. E isso é algo bom, porque elas precisam funcionar bem após ficarem muito tempo paradas na prateleira de uma loja.

 

Baterias recarregáveis, no entanto, são muito mais instáveis. As típicas baterias de níquel metal hidreto (NiMH) por exemplo, podem perder cerca de 1% de carga por dia – por isso uma bateria totalmente carregada estará vazia após ficar 3 ou 4 meses inativa em sua câmera. Lembre disso quando for pegar a bolsa da sua câmera antes de sua próxima viagem. 


2. Guarde as baterias no freezer


 

Você já deve ter ouvido que as baterias ficam “frescas” por mais tempo quando guardadas no refrigerador ou freezer. Isso não é um mito: é absolutamente verdade, mas há algumas advertências.

 

Congelar suas baterias funciona porque as reações químicas que geram eletricidade são dependentes da temperatura. Quando coloca uma bateria na geladeira, você retarda o processo, por isso a bateria perde sua carga mais lentamente. Mas lembra como eu disse que baterias alcalinas perdem sua carga mais lentamente? Isso significa que essencialmente não há vantagens em colocar no freezer suas baterias compradas na loja. O máximo que você pode esperar é recuperar uma fração de uma porcentagem de sua carga total ao longo de um ano. O espaço do freezer é mais recomendado para comida congelada.

 

No entanto, há muita utilidade em congelar baterias recarregáveis. De acordo com o site Greenbatteries.com, baterias recarregáveis armazenadas em um freezer irão manter mais de 90% de sua carga por um mês inteiro.


3.  Esquente suas baterias para melhor desempenho


 

Fotografando ao ar livre no inverno? Suas baterias talvez descarreguem bem rápido, deixando você com uma câmera inutilizável. Isso acontece pela mesma razão que congelar baterias mantém suas cargas por mais tempo – o frio retarda a eletricidade – gerando reações químicas. As baterias descarregam melhor quanto estão quentes. Por isso se as suas baterias acabarem rápido por causa do frio, tire-as da câmera e esquente-as usando suas mãos dentro do seu casaco. Se você conseguir aumentar a temperatura da bateria, irá voltar a funcionar e ajudá-lo(a) a tirar mais algumas fotos.


4. Use sua câmera apenas para tirar fotos


Aqui vão alguns conselhos que parecem óbvios, mas ainda parecem fugir às pessoas – incluindo eu. Tudo que você faz com sua câmera utiliza a carga da bateria, então se você tem apenas uma bateria e não tem como carregá-la, não use todos os recursos extras de sua câmera. Especificamente, não use sua câmera para rever fotos, deletar imagens do cartão de memória ou gravar anotações em áudio sobre cada fotografia. Fique no básico: tirar fotos.

 

Da mesma maneira, vale a pena dizer que longas exposições – por exemplo se você capturar traços de luz em fotos noturnas e borrar cachoeiras – utilizam muito mais energia do que fotos instantâneas tradicionais. Se você está tentando alcançar efeitos especiais como esses, saiba que não será possível tirar tantas fotos quanto o usual, e que é uma boa idéia carregar uma bateria reserva.

 

Fonte: PC Word

 

Nosso artigo termina aqui. Diga se sabe mais algum truque, já teve algum problema decorrente de baterias/pilhas de câmeras… Expresse-se comentando. Até a próxima!

3 comentários:

Caio disse...

Ótimo post João! Seguirei suas dicas =D

Roger Arruda disse...

otiiiiimas dicas.. vo seguir.. tanta raiva q passo quando a bateria nao dura nada.. aaf..

vo seguir tuudo.. =D

Tereza disse...

Tenho uma dica melhor. Troque as alcalinas comuns por alcalinas mais potentes. A Panasonic, por exemplo, tem a Evolta. Ela dura um pouco mais que uma alcalina normal. Essa foi uma dica passada por meu namorado. Ele me mandou algumas de Portugal. Testei e, realmente, duram bem mais. São ideais para profissionais, como jornalistas.
As dicas de congelar ou de aquecer são arriscadas. Elas podem estourar dentro de sua câmera. E aí, o prejuíjo é maior. Falo isso porque meu pai que era caçador nas horas vagas, volta e meia colocava baterias no congelador ou aquecia... e volta e meia aparecia uma lanterna com resíduos de bateria por dentro. As outras dicas tão valendo! Já tive a infelicidade de não olhar como estava de bateria e num momento de tirar umas fotos legais, acabou! kkkkkkk E, para completar a primeira dica, TENHA EM MÃOS, ou melhor na bolsa, BATERIAS SOBRESSALENTES!
É isso... :D

Postar um comentário

Para comentar entre na versão completa do blog!