Mudamos o layout e isso pode gerar alguns bugs nas postagens, se perceber algum avise: contanto@informaticando–ajuda.com

Revista mostra suposto contrato que questiona propriedade do Facebook

Por: João Manoel,

A revista Wired divulgou imagens do suposto contrato de prestação de serviço de Mark Zuckerberg, CEO do Facebook,  a Paul Ceglia. No documento datado de abril de 2003, Zuckerberg acordava a criação de um site chamado StreetFax por U$ 1 mil, e, por mais mil, ele desenvolveria o “The Face Book” até 1 de janeiro de 2004.

 

Pelo contrato ambos teriam 50% da propriedade do “The Face Book”, mas Ceglia ganharia 1% da propriedade por cada dia de atraso no trabalho de Zuckerberg. Como a data oficial de lançamento do site foi em 4 de fevereiro de 2004, Ceglia reclama o direito de 84% das ações da empresa. Segundo a Revista Wired, o advogado do Facebook alega nunca ter sido convidado a ver o suposto contrato original. A revista mostra o que seria uma copia dele com a assinatura de Zuckerberg. Confira: (clique para ampliar)

 

 

>> Para baixar o contrato clique aqui.

 

Em 21 de julho, em entrevista ao canal ABC World News, Mark Zuckerberg disse: “Temos muita certeza de que nós não assinamos um contrato que diz que eles teriam direito de propriedade sobre o Facebook” (“We were quite sure that we did not sign a contract that says that they have any right to ownership over Facebook”). Ainda segundo a Wired, o uso da palavra “nós” em vez de “eu” poderia ser uma artimanha de linguagem calculada, já que, na época, o Facebook não era ainda uma corporação.

 

Advogados do Facebook alegam que, mesmo que o contrato fosse verdadeiro, a ação teria sido registrada numa corte sem jurisdição e que o atraso de seis anos para reclamar a propriedade, enquanto o Facebook crescia e recebia investimentos de outras empresas, invalidaria o pedido.

 

Um dos sites mais acessados do mundo, o Facebook, que acabou de atingir o número de 500 milhões de participantes, anda envolto em suspeitas. Mais algumas histórias poderão ser vistas no filme The Social Network sobre a história do Facebook e Zuckerberg. O filme, dirigido por David Fincher, será lançado em outubro nos Estados Unidos. Enquanto isso, apesar das acusações, a rede social comemora estar cada vez mais presente na vida de internautas do mundo todo.

Via: Galileu.

Foto retirada do álbum comemorativo do Facebook em 21 de julho.